Leeloo, A Feiticeira Crossblood - Meio-Elfa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Leeloo, A Feiticeira Crossblood - Meio-Elfa

Mensagem  Elane em Seg Ago 06, 2012 1:11 pm



Leeloo nasceu em um pequeno vilarejo chamado Griefwood que ficava no meio do nada. A cidade era conhecida por poucos e aqueles que a conheciam preferiam manter distância. Quem iria querer passar as férias ao lado de um cemitério renomado por sua aura sinistra, certo?

Êniuei, seus pais eram um elfo chamado Taliesin e uma humana conhecida como Elarinya. Ele era um poderoso clérigo e prefeito da pequena cidade. Era generoso, justo e respeitado por todos. Elarinya era uma pessoa de bom coração, calma, paciente e tolerante. Não era nativa de Griefwood, chegou no local para enterrar uma parente no cemitério e não saiu mais de lá, o que as pessoas estranhavam. Ganhou respeito de todos quando se tornou a nova esposa de Taliesin.

Ambos eram pessoas tranquilas e pacientes...O que fez todos estranharem a meio-elfa que resultou do casamento dos dois. Era uma peste. Agitada, desobediente, teimosa e aventureira. Isso já se notava no berço, por isso Elarinya lhe chamou Leeloo Minae Lekatariba Laminae Tchai Ekbat de Sebat II. A Leeloo I era uma avó louca que morava num local desconhecido distante.

E não foi apenas o nome que Leeloo herdou dessa avó. Herdou também a magia inata. Seus poderes se manifestaram desde cedo o que tornava ainda mais complicado conseguir babás. Logo notaram que em Leeloo II duas linhagens mágicas se encontraram. Era parte dracônica e parte elemental. Elarinya sabia que a parte dracônica vinha de uma aliança feita há milhares de anos atrás (fazia parte da história da família), mas a parte elementar ela num fazia idéia.

De qualquer forma... Leeloo cresceu ainda desobediente, teimosa e etc, mas também havia nela a bondade de seus pais o que provavelmente foi o que mais a aproximou da meia-irmã Túrelie. Tinham personalidades diferentes, mas elas se entendiam e eram próximas.

Um dia, muitos anos depois, ela fugiu dos deveres diários e se juntou à irmã que viajava para uma cidade próxima em busca de materiais novos para o vilarejo. Na volta...tudo mudou. Griefwood estava devastada, havia uma aura maligna no local, sem falar de mortos-vivos para todo lado. Vários deles ela reconhecia da vila. Desesperadas, ela e a irmã correram para o templo do pai e tiveram um choque ao chegar lá. O pai estava sendo torturado em algum ritual maligno, a mãe havia virado uma morta-viva que agora tentava atacá-las. affraid O pai, quando viu as duas ali sacrificou a própria vida para protegê-las antes que fossem atingidas pelo vilão que se apresentou como Salazar. O seu último ato fez com que o necromante fugisse, deixando as duas agora sozinhas para lutar com os mortos-vivos que ainda estavam na cidade. Leeloo notou que sua irmã mudara naquela hora, e não foi só o fato dela receber o favor de uma Deusa agora...Algo por dentro se partiu.

Por isso e por todo o resto, com o corpo sem vida (duas vezes) de sua mãe em seus braços e o de seu pai torturado à frente, Leeloo jurou vingança. "DAMN YOU SALAZAAAAAAAAAR!". E depois de livrar o que restara do pequeno vilarejo dos mortos-vivos, ela e a irmã partiram para cumprir a jura.
avatar
Elane

Mensagens : 4
Data de inscrição : 25/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum