Pós-Jogo: Histórias Quentes do Passado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pós-Jogo: Histórias Quentes do Passado

Mensagem  Ed em Seg Jul 11, 2011 11:20 am

De volta a caravana, cansado e imundo após a aventura de salvar seu companheiro Ozmar, junto com o Grande Passomédio, Beren e Lúthien Dedos-de-Aço. Paul descarrega seu equipamento, tira a armadura, e vai para o banho. Paul está intrigado e sentindo um desconforto no fundo de sua mente.
No templo da elemental do fogo, após sobreviver aos perigos, uma grande espada lhe foi concedida como espólio do combate. Espada que, segundo Lúthien e Beren, ela possui leveza e fio mágicos. Paul nunca imaginara que algum dia pudesse brandir uma arma com tal propriedade, e jamais imaginou que viria a possuir uma. E apesar do contentamento, algo não estava certo. Estava faltando alguma coisa e ele não sabia o que!
Ao deitar-se, Paul ficou martelando aquela sensação, buscando o que faltava. Até que, na penumbra da consciência pré-sono, ele lembrou das canções da elfa.
Nesse momento, Lúthien era uma das poucas pessoas acordadas no acampamento, e já estava descansada após seu transe. Paul se aproximou dela, fazendo com que a atenção da elfa se voltasse a ele. Parou um pouco, respirou fundo e falou...
- Ginsu...
Lúthien olha confusa para Paul, sem saber que baboseira ele estava a falar dessa vez. Então Paul imenda:
- Ginsu I. Esse é o nome dela.
Lúthien então entendeu, que a nova arma de seu companheiro acabara de ser batizada.
- Pode deixar Paul, certifique-se que ela seja bem usada e eu farei o que puder para que a Ginsu I seja lembrada.
- Botemo.
Paul então baixa a cabeça em reverência e volta à seu saco de dormir para, enfim, descansar.
avatar
Ed

Mensagens : 16
Data de inscrição : 02/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pós-Jogo: Histórias Quentes do Passado

Mensagem  Admin em Seg Jul 11, 2011 11:51 am

Lúthien ainda emenda, antes de Paul levantar a cabeça:
-- Deixe a espada comigo que procurarei a história dessa espada para você saber por onde ela andou. Quem sabe um pouco do passado dela, você poderá descobrir seu futuro...
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 113
Data de inscrição : 02/06/2011

http://rpgpathfinderd20.livre-forum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pós-Jogo: Histórias Quentes do Passado

Mensagem  Ed em Seg Jul 11, 2011 12:12 pm

- Muita gente que vem pra essa caravana, vem justamente para deixar pra trás o seu passado e recomeçar. No questions asked. Acredito que essa espada também tenha esse direito. Se quiseres ficar com ela, para conhecer novas histórias a serem cantadas, tudo bem. Mas essas histórias não serão sobre a Ginsu I, pois ela ressurgiu do fogo. E renasceu.
avatar
Ed

Mensagens : 16
Data de inscrição : 02/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pós-Jogo: Histórias Quentes do Passado

Mensagem  Admin em Seg Jul 11, 2011 12:42 pm

GM escreveu: Massa!

Lúthien olha seriamente para o guerreiro e para sua espada:

-- Como quiser Homem-de-Armas, o passado pertence a cada um, e cada faz com ele o que quiser. Renascida Guinsu I então, assim seja.

E começou a dedilhar seu bandolin bem de leve, compondo uma música lúgrube e suave, sobre uma espada que renasce do fogo, e o misterioso Guerreiro que a empunha...
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 113
Data de inscrição : 02/06/2011

http://rpgpathfinderd20.livre-forum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pós-Jogo: Histórias Quentes do Passado

Mensagem  Scheid em Ter Jul 12, 2011 9:33 pm

Passomédio também não conseguiu dormir direito, por causa das palavras que Lúthien havia dito: "Esses lobos grandes são lobisomem, foram amaldiçoados e por isso tem essa forma.", e então ela completou: "Essa maldição é transmitida através de sua mordida". Passomédio havia sido morido por um deles e por isso estava preocupado. Então para não pensar muito nisso ele foi negociar e catar alguns materiais para fazer flechas. Criar flechas foi a maneira que Passomédio utilizou para fugir desse pensamento de que ele poderia ter sido amaldiçoado.
Então durante a noite, ele conversou com Berengor e Lúthien se eles sabiam como era essa maldição, e se teria como saber se ele amaldiçoado.
Também conversou com Paul que brandia sua nova espada a "Guinsu I". Paul falou que a única coisa que a sua espada não era capaz de cortar era a meia-calça de mithril da Lúthien, também conhecida como meia-calça Vivarina de Mithril.
avatar
Scheid

Mensagens : 10
Data de inscrição : 02/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pós-Jogo: Histórias Quentes do Passado

Mensagem  Kemedo em Qua Jul 13, 2011 11:49 am

Logo após Paul voltar a deitar, Lúthien estava tentando compôr uma canção sobre o obscuro Guerreiro e sua obscura espada, remoendo-se de curiosidade. Berengor estava relendo os muitos livros encontrados no Templo do Fogo tentando mais informações sobre Ozmar. Passomédio veio todo preocupado vendo a marca dos dentes do Lobisomem no seu braço ainda com um pouco de pus e avermelhado. Ao ser questionado sobre a doença da Licantropia, Lúthien dispara direta:

-- Se um lobisomem lhe mordeu, você tem 1 mês de vida, depois disso você perderá sua mente num frenesi selvagem andando pelos ermos meio-homem e meio lobo. Como aquela história de Licão da...

Berengor não deixou Lúthien terminar de falar:

-- Calma lá, baby. Não é beeeem assim... Ele pode não ter sido contagiado, e se for somente um clérigo épico para libertar da doença. Eu não tenho tal poder ainda, Passomédio, mas amanhã posso fazer uma verificação se você tem essa doença ou não, pelo menos te dou uma posição correta. E pelo que eu lembro, ele pode sobreviver com a doença se for tomado alguns cuidados... Mas só poderei saber amanhã...

avatar
Kemedo

Mensagens : 11
Data de inscrição : 02/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pós-Jogo: Histórias Quentes do Passado

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum